Blog Welber Goltran

Vamos nos Comunicar?

Blog oficial do Welber Gontran

Blog Welber Goltran

Concurso INSS 2019


Concurso INSS 2019
 
 
A situação do quadro de servidores do INSS é calamitosa. Ao todo, as agências espalhadas pelo Brasil apresentam carência de mais de 20 mil servidores. Somado a isso, a previsão é de mais de 10 mil aposentadorias até 2021, agravando a situação a níveis inimagináveis.
 
Atualmente, um pedido de autorização com 7.888 vagas está tramitando no Planejamento. As oportunidades são divididas nos cargos de técnico (3.984), analista (1.692) e perito (2.212). Diante dessa situação, se autorizado, o certame será capaz de proporcionar, ao menos, um respiro ao quadro de servidores.
 
Enquanto a primeira exige apenas graduação de nível médio, a segunda requer nível superior e a terceira, nível superior específico em Medicina. Os ganhos iniciais dos aprovados devem ficar entre R$ 5.344,87 e R$ 10.616,14, incluindo auxílio-alimentação de R$ 458,00.
 
No dia 25 de setembro de 2018, encontro realizado entre a Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) e a presidência do INSS, ficou definido o acionamento do Tribunal de Contas da União (TCU), com o objetivo de dar celeridade às tramitações do pedido de autorização, que atualmente está em caráter de urgência.
 
Um dos maiores temores dos concurseiros é em relação ao Decreto da Terceirização, assinado pelo presidente Michel Temer, em 21 de setembro de 2018. Entretanto, especialistas afirmam que ele não terá impactos no concurso INSS, uma vez que os cargos solicitados ao governo estão previstos no plano de cargos do órgão.
 
 
Concurso INSS 2018
 
 
Extremamente esperado, o concurso INSS 2018 acabou não acontecendo. Um dos grandes impedimentos foi o cumprimento das metas estabelecidas pela Emenda Constitucional nº 95, que diz respeito ao teto de gastos.
 
Foi, principalmente, por conta dela que o certame acabou sendo empurrado para o próximo governo. De acordo com o Planejamento, as regras para autorização do concurso envolvem três fatores: conveniência e oportunidade do atendimento à demanda, previsão orçamentária e financeira da Administração e necessidade do órgão demandante frente aos demais.
 
O primeiro e o terceiro requisitos ficam explicitados diante da atual situação do instituto. Restando apenas a questão orçamentária como um entrave para o aval do governo. Se o concurso for priorizado no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019, é possível que o mesmo seja realizado, porém, com contratações apenas para 2020.
 
Outro ponto que poderia amenizar a carência de funcionários do INSS foi descartado pelo Planejamento. A convocação dos remanescentes da última seleção poderia preencher diversos cargos vagos, entretanto, o governo usou como justificativa o término da validade e a não obrigatoriedade de contratar além das vagas previstas em edital.
 
 
Último concurso INSS
 
 
O concurso INSS 2015 ofereceu 800 vagas para técnico do seguro social e 150 para analista do seguro social. Enquanto o primeiro exigiu apenas nível médio, o segundo requisitou formação de nível superior em Serviço Social, além de registro de classe no respectivo Conselho Profissional.
 
As remunerações iniciais ficaram entre R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, em cumprimento de jornadas de trabalho semanais de 40 horas.
 
O certame teve organização do Cebraspe e contou com 1.087.789 inscrições, gerando uma concorrência de 1.304 candidatos por vaga para técnico e 293 para analista. Todos os 950 candidatos aprovados foram nomeados, sendo a última nomeação feita em novembro de 2017.
 
Outras informações estão disponíveis pelo edital concurso INSS 2015.
 
 
O que estudar para o concurso INSS?
 
 
Enquanto aguardam os andamentos e os rumos que o certame deve tomar em 2019, muitos candidatos seguem em um intenso ritmo de preparação para driblar a grande concorrência. Estudar com antecedência é uma das melhores alternativas, já que, quanto mais tempo, maior a chance de aprender todo o conteúdo.
 
No último concurso do INSS os candidatos foram avaliados apenas por prova objetiva, elaborada com a seguinte estrutura.
 
 
 
Em relação ao conteúdo programático, ele foi constituído pelas disciplinas detalhadas abaixo.
 
Conhecimentos Básicos:
 
Língua Portuguesa
Raciocínio Lógico
Noções de Informática
Conhecimentos Específicos para analista: Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social, Saúde dos Trabalhadores e das Pessoas com Deficiência e Serviço Social.
 
Conhecimentos Específicos para técnico: Seguridade Social e Ética no Serviço Público.
 
 
 
Inscrições concurso INSS
 
 
“Quando será o período de inscrições do concurso INSS 2019?” É uma das perguntas que não saem da cabeça dos concurseiros que almejam a seleção. De fato, é um dos momentos mais esperados, já que ele garante a participação no pleito.
 
Contudo, o certame segue aguardado a autorização do Ministério do Planejamento. Para aqueles mais ansiosos, que gostam de saber de todos os detalhes, os procedimentos de inscrição devem ser bem semelhantes ao do último certame.
 
O período deve ter início poucos dias após a abertura do edital e possivelmente as solicitações serão enviadas pelo site da organizadora. No concurso anterior as taxas foram de R$ 65,00 para nível médio e R$ 80,00 para nível superior.
 
 
 
 

fontehttps://editalconcursosbrasil.com.br/blog/concurso-inss-2019/