Blog Welber Goltran

Vamos nos Comunicar?

Blog oficial do Welber Gontran

Blog Welber Goltran

Organize Seus Estudos


O ponto principal em saber estudar bem é, em primeiro lugar, saber estudar com inteligência. Preparar-se para uma prova não é apenas ficar acordado na noite anterior. O bom estudo requer preparação antecipada. O segredo é aprender alguns truques e manter o compromisso com si mesmo...

 
 
1 - Cuidando de si mesmo 
 

- Beba muita água.
A água é o elixir de nossos corpos. Beber um copo de água enquanto você estuda ajudará a impulsionar a sua concentração durante os estudos. Manter-se hidratado também pode beneficiar a sua memória.


- Coma bem.
Tratar bem o seu próprio corpo é metade da batalha para se ter a mentalidade correta. Há certos alimentos que você pode comer que ajudarão a melhorar o seu foco e bem-estar geral. Coma uma dieta bem balanceada que inclua frutas e vegetais.

- Estimule o seu sistema circulatório.
Esse é o sistema responsável por controlar o coração e os vasos condutores de sangue. Parte de estudar com saúde é ter um saudável fluxo sanguíneo para o cérebro. Estudos comprovaram que 20 minutos de estímulo nesse sistema são capazes de melhorar a sua memória.
Não se sinta obrigado a sair para correr se você não tiver vontade. Mexa-se na sala de
estar com a sua música preferida. Guarde esse tempo para relaxar e aliviar o seu estresse durante a pausa de estudo.
O principal é aumentar a sua frequência cardíaca. Quando ela estiver mais alta, continue a se exercitar por pelo menos 20 minutos.

- Durma bem.
Dormir uma noite inteira, entre 7 e 8 horas, ajuda você a se motivar com os estudos. 
Se você dormir pouco, estudar se tornará uma mera obrigação. Você não apreenderá tantas informações com sono quanto poderia depois de ter dormido bem durante toda a noite.
 
 
2 - Criando seu Plano 

aaaaaad.png


 
- Estabeleça objetivos de curto e de longo prazo para seus estudos.

Objetivos de curto prazo incluem manter o foco e determinação por uma semana ou memorizar um conceito em até dez dias. Para tais projetos, divida suas tarefas por dia.
Objetivos de longo prazo incluem passar em um concurso, ganhar uma bolsa ou conseguir um determinado emprego ou estágio. Nesses casos, divida seus objetivos para atingi-los depois de semanas ou meses.
Não perca de vista o prazo máximo de cumprimento de tais objetivos.
Anote a data limite de cada projeto e calcule quantos dias, semanas e meses faltam para alcançá-la. 

Por exemplo, qual o prazo para inscrição do concurso?  Quando é a prova?
 
- Liste todos os assuntos que você precisa estudar.
Talvez o primeiro passo seja listar todos os assuntos e matérias que você precisa estudar. Colocar as obrigações no papel ajudará você a ter uma ideia melhor do que é preciso ser feito.

 
- Priorize sua lista.
Depois de fazer uma lista com todos os assuntos que você precisa estudar e de ter definido o que fazer com cada um, você precisa aplicar uma ordem de prioridade.  Classifique cada assunto de acordo com a sua importância para ver quais precisam de mais tempo. 

Coloque um número ao lado dos assuntos que você precisará dedicar mais tempo, e assim sucessivamente. 
Leve em conta a dificuldade de cada assunto. Leve em conta a quantidade de leitura necessária. Leve em conta a quantidade de revisão que você terá que fazer.


- Divida seu tempo disponível durante a semana em blocos de estudo. 
Antes de continuar, você terá que dividir seu tempo disponível ao longo da semana em blocos de estudo. Depois, inclua cada assunto ou matéria em um bloco. O truque para criar um plano de estudos é estudar todos os dias no mesmo horário, para que você possa memorizar sem ficar verificando.  Ao criar uma rotina, você desenvolverá um hábito saudável de estudo.

Verifique se há horas ou dias da semana em que você pode estudar sempre. Por exemplo, pode ser que você esteja livre todas as terças e quintas das 15 às 16 horas. 
Se possível, encaixe seus estudos para esse horário, pois uma rotina regular pode ajudar você se concentrar melhor e mais rapidamente em seu momento de estudo. Divida as sessões em blocos de 30 a 45 minutos. Bloco mais curtos são mais fáceis de alocar do que os mais longos. Crie blocos para todo seu tempo disponível.


- Reserve um tempo para outras atividades.
Além de agendar horários para seus estudos, também é preciso separar um tempo para a família, os amigos e todo o resto.  Se você não conseguir estabelecer um equilíbrio entre a sua vida pessoal e a sua vida acadêmica, você não terá sucesso nos estudos. 
Reserve um tempo para os eventos que você não consegue remarcar, como o aniversário da sua avó, uma reunião de família ou a consulta do seu cachorro no veterinário. 
Separe, também, seus horários dedicados a outras atividades, como natação, um momento específico com a família ou práticas religiosas. Não se esqueça de alocar um bom tempo para descansar, dormir e se exercitar. 
Se está na reta final final e tem pouco tempo disponível, é uma boa ideia deixar de lado sua vida social por algum tempo. 
aab.png

- Avalie seu plano atual.
Seu primeiro passo ao criar um plano de estudos é avaliar o plano atual e a forma como você tem administrado seu tempo. Isso vai permitir que você dê uma boa olhada na forma como usa seu tempo, podendo identificar onde é possível ser mais eficiente e  quais atividades podem ser cortadas. Determine quantas horas por semana você costuma estudar. Determine quantas horas por semana você dedica ao entretenimento. Determine quantas horas por semana você dedica aos amigos e a família.

Faça contas rápidas e decida sobre o que pode ser eliminado. As pessoas tendem a gastar muito tempo com entretenimento, então, você pode começar por aí.

 
- Seja realista.
Embora você possa montar um plano incrível, ele não terá significado se você não se comprometer a estudar. Como resultado, você precisa parar e refletir um pouco sobre a sua ética de trabalho. Depois de fazer isso: Planeje-se de acordo com a forma como você acha que vai funcionar. Se você tende a perder o foco e tirar muitos intervalos, coloque mais tempo no plano. Se você sabe que procrastina, separe mais tempo antes dos prazos. Assim, você terá uma lacuna para não se enrolar e perder o prazo.


- Atenha-se ao plano.
A regra mais comum e mais difícil do plano todo é ater-se a ele. Não faz sentido planejar seus estudos se você não se comprometer a cumprir o plano. Tente criar o hábito de olhar seu plano regularmente, de preferência, todos os dias. Isso ajudará você a se lembrar sempre de tudo que tem que fazer. Depois de estabelecer uma rotina, você pode começar a associar mentalmente alguns atos, como abrir um livro ou sentar-se na escrivaninha, como um modo de estudo. 



 
3 - Estudando de forma inteligente

 
- Simplesmente comece!
Às vezes, essa é a pior parte. Se o seu cronograma de estudos parece assustador, comece com pequenos passos, em breve já terá caminhado um pouco. Considere ler metade do capítulo hoje e o resto amanhã. Resolva apenas um ou dois problemas do livro de atividades. Lembre que é sempre melhor fazer um pouco agora do que não fazer nada. 


- Atenha-se ao cronograma.
Depois de descobrir qual é o melhor período para o seu estudo, mantenha-se firme. Separe uma parte de cada dia para estudar. Mesmo que falte duas semanas para a prova, estudar um pouco em cada dia fará maravilhas. 
aaaaaaaa.png


- Entenda o que você está aprendendo.
É comum que estudantes memorizem o que acreditam que será testado, mas isso não é nada eficiente. Entender o que você estuda aumenta as suas chances de reter o conteúdo. Você talvez não se importe em reter os conhecimentos depois da prova, mas no longo prazo isso será importante.

- Crie conexões para o que você estuda.
Estabelecer ligações com o que você estuda no dia a dia nem sempre é fácil. Essa é uma habilidade que você pode melhorar com a prática. Invista tempo no uso de sua imaginação para elaborar conexões entre o que você está estudando e  aspectos de sua vida prática.

 
- Faça anotações.
Elas o ajudarão a solidificar a matéria em sua mente, além de servirem como importantes ferramentas de estudo antes de uma prova.  Escreva tudo de importante que for passado pelo professor.


- Tenha um bom espaço de estudo.
Você precisará de uma cadeira e uma mesa. Além disso, será preciso ter boa iluminação. A melhor forma de manter-se longe de distrações é manter o celular no silencioso. Se você não consegue estudar em silêncio, ouça música ambiente em vez de canções com letras. Evite ler textos didáticos na cama. A tentação para dormir é grande demais. Estudar fora de casa pode ajudá-lo quando estiver muito inquieta (o). Tente visitar um parque, uma cafeteria local ou uma livraria próxima. Tudo depende das suas preferências pessoais.


- Seja resistente!
Sacrifique o que você faria hoje em prol do que você será amanhã!


- Organize-se!
Mantenha a mesa e o local de estudos limpos e arrumados. 
Tire os papéis desnecessários de dentro da mochila e arrume os que forem importantes em um fichário com várias divisórias. Sendo organizado, você não perderá as tarefas e os estudos serão mais agradáveis. 
Se você precisar de ajuda, não tenha medo de pedir ao professor! Ele quer te ajudar e se disponibiliza através do nosso Plantão de Dúvidas, todas as quartas-feiras. Não se preocupe com o que os outros colegas poderiam pensar. É melhor entender a matéria do que agir como se fosse um sabichão.

- Faça pausas.
Depois de passar uma boa quantia de tempo estudando, entre 45 minutos e uma hora, faça uma pausa rápida, de 10 a 15 minutos. Esse é um método de aprendizagem comprovadamente eficaz. Depois de sua pausa, revise o que você estava estudando por último, como um teste. Rever conteúdos depois de ter-se distanciado serve para reforçá-los em seu cérebro. Não assista a um programa de televisão ou jogue videogames nas suas pausas. Você talvez se empolgue e se distraia demais para conseguir voltar ao trabalho. Tente caminhar com o seu cachorro ou sair para uma corrida rápida.

 
- Teste a si mesmo.
Depois de ter estudado durante o tempo designado, teste a si mesmo nos últimos 20 a 30 minutos. Essa é uma boa forma de rever tudo aquilo que você acaba de estudar e permitirá que os conceitos aprendidos se fixem melhor no cérebro. 
 
 

4 - Tenha a mentalidade correta 
 
- Esteja no aqui e agora.
Esse pode ser o passo mais difícil no mundo em que vivemos, tão repleto de distrações.  Se você começar a sentir que não está sendo tão produtivo, diga a si mesmo “esteja aqui e agora”. A seguir, volte a sua concentração para o seu objeto de estudo. Isso pode parecer desnecessário, mas lembrar-se a seguir esse passo pode ajudar.  Ele não funciona para todas as pessoas. Fale essas palavras depois de respirar profundamente, mantendo os olhos fechados para obter um efeito calmante mais profundo.


- Concentre a sua atenção.
Concentrar-se em uma matéria durante uma sessão de estudo inteira pode ser muito produtivo. Se você consegue fazê-lo, isso é muito bom. Mas você também pode variar as matérias de estudo. Isso renovará a sua concentração, quando você fixar os olhos em um tema completamente novo. 
aaaacc.png


- Elimine distrações.
Um dos motivos pelos quais as pessoas não são tão produtivas quanto deveriam é a distração. Celulares, música, uma lista de afazeres – há várias razões pelas quais as pessoas se distraem todos os dias. Tente se livrar delas para focar no seu sonho.


- Medite.
A meditação é um ótimo exercício para melhorar sua concentração e seu entendimento. Ajuda a limpar a mente de acúmulos e pensamentos aleatórios. Relaxe por 10 a 15 minutos todos os dias. Vá para um lugar calmo, inspire, expire e tente tirar tudo da sua mente. Foque somente em sua respiração. Sua mente é uma máquina poderosa. Produzir pensamentos é apenas uma das funções dela. Aprenda a controlar seus pensamentos e sua vida se transformará